Programa Científico

Dia 1
07/09/2016

8h30 – Credenciamento
9h30 – Sessão de Abertura
10h – Conferência de Abertura | Género e Direitos Humanos – Michael Farrell
11h – Coffee Break
11h15 – Tertúlias 1

SALA 1 - Tecnologias de Género e Outras Violências

Entre o viver e o morrer: As mulheres e a violência de gênero no Brasil
Janaina Sampaio Zaranza – Universidade Federal do Ceará e Faculdade Maurício de Nassau / NUSS
Maria Isabel Silva Bezerra Linhares – Universidade Federal do Ceará e Universidade Estadual Vale do Acaraú / GEPECJU
Francisco Ullissis Paixão e Vasconcelos – Universidade Estadual Vale do Acaraú e Universidade Federal do Ceará
Antônio Cristian Paiva – Universidade Federal do Ceará / NUSS

O Enfrentamento à Violência de Gênero: Ações e Políticas Públicas
Claudia Priori – Universidade Estadual do Paraná / GEPEDIC

Quem Bate? Considerações acerca da violência doméstica e familiar contra a mulher sob o viés da Psicologia Analítica
Denise Ramos Soares – Universidade de Fortaleza / MITHO, CCG
Carlos Velázquez Rueda – Universidade de Fortaleza / MITHO, CCG

O Feminismo em tempos de Ócio “O feminismo e a educação na sabedoria da fruição do ócio versus a sociedade moderna e o comando para a alienação”
Maria Joana Alves Pereira – Universidades de Aveiro e do Minho

🎥 “O papel do homem é tentar, o da mulher é resistir” – a construção dos papéis de gênero entre adolescentes do Nordeste Brasileiro
Francisco Ricardo Miranda Pinto – Universidade Estadual Vale do Acaraú e Universidade de Fortaleza
Francion Maciel Rocha – Univeridade Estadual Vale do Acaraú
Ana Maria Fontenelle Catrib – Universidade de Fortaleza
Aline Veras Morais Brilhante – Universidade de Fortaleza

SALA 2 - Género e Educação

Educação Matemática e questões de gênero: diferenciações geradas por práticas discursivas de agenciamentos subjetivos
Lucas Alves Lima Barbosa – Universidade Federal de Lavras / Fesex
Fabio Pinto Gonçalves dos Reis – Universidade Federal de Lavras / Fesex

Gêneros e sentidos da realização de cursos técnicos
Lucília Machado – Centro Universitário UNA
Daniel Vieira Brasil Silva – Centro Universitário UNA

Interculturalidade e Dissidências Sexo-Genéricas: conexões para o agenciamento dentro da academia
María Del Carmen Acuña Rodríguez – Universidad de Costa Rica / Universidade Federal do Rio Grande do Sul

A Construção de ‘Gostos’ e ‘Desgostos’ na Escola: ‘Matérias’ de meninos e ‘matérias’ de meninas?
Adla Betsaida Martins Teixeira – Universidade Federal de Minas Gerais
Marcel de Almeida Freitas – Universidade Federal de Minas Gerais

SALA 3 - Cinema e Literatura

The Trapped Heroines: Women in the Portuguese Cinema of the 1960s
Pery Machado Filho – Universidade de Aveiro

Repressão e Frustração do Desejo Feminino em Uma Abelha na Chuva
Jiayi Yuan – Universidade de Aveiro
Maria Manuel Baptista – Universidade de Aveiro

«Onde Gaio Está, Gaia Estará»: A Representação do Feminino, através da adjetivação, na obra Um Deus Passeando Pela Brisa da Tarde
Inês Costa – Universidade de Aveiro
Fátima Ney Matos – Universidade de Aveiro
Maria Manuel Baptista – Universidade de Aveiro

Sacudindo “A Poeira dos Pequenos Segredos”
Virginia de Oliveira Silva – Universidade Federal da Paraíba

Mudar de Roupa: o Metrossexual Salazar, o Novo Cinema Português e o Poder das Saias Curtas das Mulheres
Luís Carlos R. S. Branco – Universidade de Aveiro

12h45 – Almoço
13h45 – Tertúlias 2

SALA 1 - Género e Interseccionalidade

Diálogos com Docentes sobre Gênero e Raça no Brasil: Uma Perspectiva Plural na Educação Escolar
Fabiane Freire França – Universidade Estadual do Paraná
Delton aparecido Felipe – Universidade Estadual do Paraná

Medo e Desejo: a imagem de Josephine Baker e a estética in-corporada do Jazz
Aline Serzedello Vilaça – Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca / CEFET/RJ
Elisângela de Jesus Santos – Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca / CEFET/RJ

Narrativas Tucujús no Meio do Mundo: agenciamento do corpo na fronteira amazónica
Ana Cristina de Paula Maués Soares – Universidade Federal do Amapá
Francisca de Paula de Oliveira – Universidade Federal do Amapá

Normas de Género e Representação de Identidade Nacional: Uma análise de dados exploratória
Rita Himmel – Universidade de Aveiro
Maria Manuel Baptista – Universidade de Aveiro

SALA 2 - Tecnologias de Género e Outras Violências

Cartografando a discussão de gênero no Brasil: um mergulho no panorama contemporâneo
Kátia Batista Martins – Universidade Federal de Lavras / Fesex
Fábio Pinto Gonçalves dos Reis – Universidade Federal de Lavras / Fesex

Modos de Endereçamento através das imagens: Pensando Gênero, Ciência a partir da Premiação “Para Mulheres na Ciência”
Fabiani Figueiredo Caseira – Universidades Federal de Rio Grande
Joanalira Corpes Magalhães – Universidades Federal de Rio Grande

A Natureza Feminina na Biologia: Problematizando Questões de Gênero a partir das Redes Sociais
Sandra Nazaré Dias Bastos – Universidade Federal do Pará
Sílvia Nogueira Chaves – Universidade Federal do Pará

Um Olhar Jurídico a Partir da Residência Multidisciplinar em Atenção Integral às Mulheres, Política de Gênero e Direitos Humanos – Brasil
Maria Celeste Simões Marques – Universidade Federal do Rio de Janeiro / NEPP-DH
Cristiane Brandão Augusto – Universidade Federal do Rio de Janeiro / NEPP-DH

🎥 A influência das Organizações Internacionais na formulação de políticas públicas de gênero: o caso da Resolução 1325 do CSNU na África
Rhaíssa Pagot – Universidade Federal de Santa Catarina

SALA 3 - Homofobia, Transfobia e Processos de Subjetivação

Notas Sobre um Escândalo Gaúcho: o Casamento de Duas Mulheres em um Centro de Tradições
Chayana Guimarães – Universidade Luterana do Brasil
Maria Lúcia Castagna Wortamnn – Universidade Luterana do Brasil e Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Madonna Queer: Teoria Queer e Representatividade LGBT na Biografia de Cinquenta Anos do Maior Ídolo da Música Pop
Vinícius Lucas de Carvalho – Universidade Federal de Lavras

Barebacking Sex: Rupturas com um sistema asséptico ou mais uma forma de prazer?
Wilson Nascimento Almeida Junior – Universidade Federal de São Paulo
Lucas de Sousa Serafim – Universidade Federal de Santa Catarina
Milene Alves – Universidade Federal de São Paulo

🎥 Ser ou não ser? A disforia de gênero na infância: quando o apoio e a compreensão da família são fundamentais à criança
Elisângela de Carvalho Franco – Universidad Nacional de La Plata e Instituto Federal de Rondônia

15h15 – Conferência 2 | Violências de Género e Ativismos – Paulo Côrte Real, Alice Cunha, Júlia Mendes Pereira e Miguel Vale de Almeida
16h15 – Coffee Break
16h30 – Tertúlias 3

SALA 1 - Homofobia, Transfobia e Processos de Subjetivação

Águas revoltas: mergulhos na indefinição. Um inundar de questionamentos sobre a loucura, diferenças e Transgeneridade
Ailton Melo – Universidade Federal de Lavras
Gislaine de Fátima Ferreira da Silva – Universidade Federal de Lavras
Cláudia Ribeiro – Universidade Federal de Lavras

Debates em torno do conceito de família a partir do Projeto de Lei 6583/13: a constituição de discursos em artefatos culturais
Luciana Kornatzki – Universidade Federal do Rio Grande
Paula Regina Costa Ribeiro – Universidade Federal do Rio Grande

Performatividades de gênero e sexualidade em Dzi Croquettes: Corpos dissidentes na cena da ditadura militar brasileira
Magno Cezar Carvalho Teófilo – Universidade de Fortaleza
Fernando Altair Pocahy – Universidade do Estado do Rio de Janeiro

🎥 O Ódio do “Macho”: Panorama dos Homicídios de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais
Francisco Ricardo Miranda Pinto – Universidade Estadual Vale do Acarau e Universidade de Fortaleza
Francion Maciel Rocha – Univeridade Estadual Vale do Acaraú
Claudia dos Santos Costa – Instituto Superior de Teologia Aplicada
Francisco Ullissis Paixão e Vasconcelos – Universidade Estadual Vale do Acaraú e Universidade Federal do Ceará

SALA 2 - Género, Literatura e Música

O descredenciamento filosófico da arte: o caso da literatura erótica feminina
Ana Carolina Magno de Barros – Universidade Federal do Pará / PPGArtes/ICA
Wladilene Sousa Lima – Universidade Federal do Pará / PPGArtes/ICA

Estagiárias e Milionários: as ocupações profissionais das personagens da literatura erótica
Emanuel Madalena – Universidade de Aveiro
Maria Manuel Baptista – Universidade de Aveiro
Fátima Regina Ney Matos – Universidade de Aveiro

A impossibilidade do Happy Ending romântico no Romance Brasileiro contemporâneo de Autoria Feminina
Wilma dos Santos Coqueiro – Universidade Estadual do Paraná

Fados e horizontes fratais: o lugar das mulheres
Noémia Maria Da Conceição Simões – Universidade de Aveiro

SALA 3 - Género e Educação

(Bio)pedagogias de gênero: interpelando mulheres a partir de articulações discursivas da Promoção da Saúde na Estratégia de Saúde da Família
Circe Jandrey – Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Luís Henrique Sacchi dos Santos – Universidade Federal do Rio Grande do Sul

As Relações de Gênero na Escola: Um Debate Necessário
Edson Carpes Camargo – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Denise Cristina Canal – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Jean Carlo Pizzoli – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Thiago Steemburgo de Paula – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Pesquisa com Crianças e Relações de Género na Educação Infantil Brasileira: o Que se Inscreve nos Corpos Infantis
Gislene Cabral de Souza – Universidade Federal de Mato Grosso
Evandro Salvador Alves de Oliveira – Centro Universitário de Mineiros (UNIFIMES) e Universidade do Minho

Dia 2
08/09/2016

10h – Tertúlias 4

SALA 1 - Género e Interseccionalidade

O Pensamentos das Mulheres Negras e a Lesbianidade Negra em Contexto Lusófono
Geanine Escobar – Universidade de Aveiro

Práticas de Exclusão de Mulheres em Hospício – Porto Alegre/Brasil, Década de 1940
Nádia Maria Weber Santos – Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul

Mulheres negras e feminicídio no Brasil: a violência em sua face dupla
Andrêsa Helena de Lima – Universidade Federal de Lavras / Fesex
Daniele Ribeiro de Faria – Universidade Federal de Lavras / Fesex

Nas Tramas do Desenvolvimento Sustentável: Analisando o Gênero na Política Global
Dárcia Amaro Ávila – Universidade Federal do Rio Grande
Paula Regina Costa Ribeiro – Universidade Federal do Rio Grande
Paula Corrêa Henning – Universidade Federal do Rio Grande

SALA 2 - Tecnologias de Género e Outras Violências

As tecnologias de gênero presentes na lógica discursiva da Revista Guia Astral: Brumas e estratégias que permeiam o iceberg
Ana Carolina Sampaio Zdradek – Universidade Federal do Rio Grande
Dinah Quesada Beck – Universidade Federal do Rio Grande
Joice Araújo Esperança – Universidade Federal do Rio Grande

O intrínseco e o explícito: antagonismos, violência e conflitos nas vertentes do universo feminino
Vanessa Zinderski Guirado – Universidade Presbiteriana Mackenzie
Flávia Luciana dos Santos Souza Rodrigues – Universidade Presbiteriana Mackenzie

Políticas de Gênero no Brasil: o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres (2013-2015)
Fernanda de Magalhães Trindade – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul e Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Farroupilha
Maria Simone Vione Schwengber – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul

E Quando o Amor Mata? Histórias Sobre a Cultura de Terror e Violência em Vários Cantos do Mundo
Janaina Sampaio Zaranza – Universidade Federal do Ceará e Faculdade Maurício de Nassau / NUSS
Maria Isabel Silva Bezerra Linhares – Universidade Federal do Ceará e Universidade Estadual Vale do Acaraú / GEPECJU
Francisco Ullissis Paixão e Vasconcelos – Universidade Estadual Vale do Acaraú e Universidade Federal do Ceará
Antônio Cristian Paiva – Universidade Federal do Ceará / NUSS

SALA 3 - Representações de Género no Cinema do Estado Novo Português

A análise das personagens femininas de dois filmes de Paulo Rocha
Yawen Zhang – Universidade de Aveiro
Na Gao – Universidade de Aveiro

Análise do sentido do casamento para as mulheres do Estado Novo
Haotian Ji – Universidade de Aveiro
Bowen Song – Universidade de Aveiro

Breve Análise das Mudanças de Mulheres do Estado Novo no Filme “A Canção Da Saudade”
Bo Li – Universidade de Aveiro

Mulheres Independentes e Autónomas durante o Estado Novo
Ruwei Wu – Universidade de Aveiro
Xiao Pan – Universidade de Aveiro

11h30 – Coffee Break
11h45 – Conferência 3 | Género e Políticas Públicas – GAT, Alexandra Oliveira, Conceição Nogueira
12h45 – Almoço
13h45 – Tertúlias 5

SALA 1 - Género e Infância

A Temática Homossexual na Literatura Infanto-Juvenil Atual
Daniela Ripoll – Universidade Luterana do Brasil
Rosa Maria Hessel Silveira – Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Brincadeiras e Gênero, entre o Passado e o Presente: Relato de um Estudo em São Paulo – Brasil
Daniela Signorini Marcilio – Universidade de São Paulo
Madalena Pedroso Aulicino – Universidade de São Paulo

Vozes do Feminismo Português na literatura para a infância e juventude do início do século XX – algumas achegas
Ana Isabel Evaristo – Universidade de Aveiro

Literatura Juvenil como artefato cultural:
uma discussão sobre representações de sujeitos LGBTQI
Caroline Amaral Amaral – Universidade Federal do Rio Grande
Paula Regina Costa Ribeiro – Universidade Federal do Rio Grande / GESE

SALA 2 - Género e Interseccionalidade

Hegemonial Self-Reflection: Critical Whiteness at the Intersection of ‚Race’ and Gender
Martina Tißberger – University of Applied Sciences, Upper Austria, Campus Linz

O Corpo Obeso Feminino no Discurso da Mídia Televisiva: uma análise sob a perspectiva dos Estudos Culturais
Giane Rodrigues de Souza de Andrade – Universidade Estadual de Maringá
Teresa Kazuko Teruya – Universidade Estadual de Maringá

A influência da Cultura Afro na Cultura Brasileira
Tânia Gonçalves Bueno Da Silva – Universidade Federal de Lavras / Fesex

Mulher pescadora e questões de gênero, olhar sobre uma década de produção científica daquém e dalém mar
Walter Chile R. Lima – Universidade Federal do Pará e Universidade de Aveiro
Maria Manuel Baptista – Universidade de Aveiro
Wladilene Sousa Lima – Universidade Federal do Pará

Performatividade Normativa e Produção de Inteligibilidades: uma análise da intersecção entre gênero e classe nos semanários ‘O Brado’ e ‘O Ilhavense’
Larissa Latif – Universidade de Aveiro

🎥 Gênero, Raça e Classe Social: os Desafios do Feminismo no Brasil e o Processo de Resistência no Enfrentamento da Violência Contra as Mulheres
Marina Milhassi Vedovato – Universidade Federal de São Paulo
Maria Sylvia de Souza Vitalle – Universidade Federal de São Paulo

SALA 3 - Homofobia, Transfobia e Processos de Subjetivação

Por uma Teoria Queer Pós Colonial: colonialidade de gênero e heteronormatividade ocupando as fronteiras e espaços de tradução
Fernanda Belizario – Universidade de Coimbra

Nome Social: garantia de dignidade e igualdade
Débora Walter dos Reis – Universidade Federal de Ouro Preto
Betânia dos Anjos do Carmo – Universidade Federal de Ouro Preto
Ana Carolina do Carmo Leonor – Universidade Federal de Viçosa

Por um Brasil sem Homofobia
Francisca de Paula de Oliveira – Universidade Federal do Amapá

Demônios construindo um céu: fé, sexualidade, capturas e resistências no cenário religioso das Igrejas Cristãs Inclusivas
Francisco Ullissis Paixão e Vasconcelos – Universidade Estadual Vale do Acaraú e Universidade Federal do Ceará
Francisco Ricardo Miranda Pinto – Estadual Vale do Acaraú e Universidade de Fortaleza
Dayse Paixão e Vasconcelos – Universidade de Fortaleza
Francileuda Farrapo Portela – Faculdades Luciano Feijão
Graça Maria de Morais Aguiar e Silva – Instituto Superior de Teologia Aplicada

15h15 – Conferência 4 | Prostituição versus Tráfico de Mulheres / (In)Congruências das derivas pós-modernas – Sandra Benfica, Karin Werkman, Isabel Medina e Inês Fontinha.
16h15 – Coffee Break
16h30 – Tertúlias 6

SALA 1 - Género e Educação I

La enseñanza como (otra) forma de activismo. Notas para una conversación sobre pedagogías queer
Gracia Trujillo – University of Castille – La Mancha /Universidad Complutense de Madrid

Educação para Equidade de Gênero e para as Diversidades: Perspectivas Plurais nas Experiências de Estágio
Kessi Almeida – Universidade de São Paulo
Anna Cecília de Alencar Reis – Universidade de São Paulo

Mapeando inflexões de aprendizagem em gênero em curso de formação docente
Leandro Veloso Silva – Universidade Federal de Lavras / Fesex

Caracterizações dos(das) docentes sobre gênero e relações étnico-raciais
Gisele Morilha Alves – Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande MS/Brasil
Eugênia Portela de Siqueira Marques – Universidade Federal da Grande Dourados / GEPRAFE/UFGD
Hildete Pereira da Silva Bolson – Grupo de Estudos e Pesquisas Políticas de Educação Superior GEPPES/UCDB
Maria Edinalva do Nascimento – Grupo de Estudos e Pesquisas Políticas de Educação Superior GEPPES/UCDB

SALA 2 - Género e Educação II

Lésbicas, bissexuais, cis, professoras: notas sobre cotidianos escolares
Ariane Celestino Meireles – Universidade do Porto
Lucimary Hoffman – Universidade de Lausanne
Marcelo dos Santos Mamed – Universidade de Lausanne

Na escola ou na rua? Um estudo preliminar do não acesso por parte das travestis às escolas públicas no município de Cascavel/PR (Brasil)
Izaque Pereira de Souza – Faculdades Itecne de Cascavel/PR
Teresa Kazuko Teruya – Universidade Estadual de Maringá

Entre a Cruz e a Genitália: os embates das temáticas de gênero no atual cenário político e educacional brasileiro
Vinícius Lucas de Carvalho – Universidade Federal de Lavras / Fesex
Lays Nogueira Perpétuo – Universidade Federal de Lavras / Fesex

Escola e Homofobia: a violência justificada como brincadeira
Helder Júnio de Souza – Universidade Federal de Minas Gerais
Adla Betsaida Martins Teixeira – Universidade Federal de Minas Gerais

SALA 3 - Género e Literatura

Livros para Ela Uma Análise das Capas de Literatura Considerada Feminina
Juliana Gonçalves – Universidade de Aveiro
Maria Manuel Baptista – Universidade de Aveiro
Fátima Regina Ney Matos – Universidade de Aveiro

A Granta e o Feminino – A Influência do Género na Publicação
Leonor Rodrigues – Universidade de Aveiro
Maria Manuel Baptista – Universidade de Aveiro
Fátima Regina Ney Matos – Universidade de Aveiro

The lawyer that mattered – issues of the plight for human rights in Harper Lee’s novels TO KILL A MOCKINGBIRD and GO SET A WATCHMAN
Maria De Fátima Pais – Universidade de Aveiro

A maldição de João e Maria: apelos de uma etnia identitária
Carlos Velázquez – Universidade de Aveiro

Dia 3
09/09/2016

10h – Tertúlia 7 / Workshops

SALA 1 - Workshop | Gênero, Sexualidade e Educação

Carin Klein e Mirian Dazzi

O workshop Gênero, sexualidade e educação têm como objetivos promover o diálogo mediante alguns conceitos dos Estudos Culturais e de Gênero, a fim de indicar o caráter provisório e interessado do conhecimento; focalizar as pedagogias culturais e os processos de produção de representações de gênero e de sexualidade; compreender algumas políticas públicas de inclusão social, anúncios publicitários, brinquedos e jogos infantis, como artefatos culturais, implicados na produção de noções como maternidade e paternidade, família, infância, negligência e cuidado; propor a análise de cenas escolares, anúncios publicitários, brinquedos, excertos de documentos que instituem as políticas públicas, considerando-as matérias-primas de reflexão, na medida em que instituem formas de sociabilidade, de resolução de conflitos e na produção do que passamos a tomar como norma e/ou desvio; problematizar a forma como os serviços e instituições públicas atuam na produção de funções específicas, conformando seus/suas usuários/as e atuando na produção de diferenças e desigualdades de gênero; refletir sobre alguns efeitos destas aprendizagens.

As atividades realizar-se-ão da seguinte forma: apresentação de conceitos dos Estudos Culturais e de Gênero, tomando-os como “lentes” para examinar alguns materiais produzidos na cultura brasileira contemporânea; o exame de diferentes artefatos culturais, tais como: cenas escolares, políticas públicas de inclusão social e de educação e(m) saúde, conhecimentos escolares, anúncios publicitários, brinquedos, literatura infantil, enquanto produtores de sentidos e de efeitos para as relações sociais; como forma de intervenção propõe-se um exercício de “reescrita” desses artefatos culturais que instituem e reforçam assimetrias e desigualdades de gênero.

SALA 2 - Género e Tecnologias Digitais

O Feminismo do Facebook é Somente um Curtir? Direitos, Prazeres e Autonomias em “Moça, Você é Machista”
Josefina de Fátima Tranquilin Silva – Universidade de Sorocaba (UNISO) e Escola Superior de Propaganda e Marketing (PPGCOM – ESPM/SP)

Jogos de videogame, artefatos culturais, representação: discutindo a presença de personagens LGBTQI
Cristina Monteggia Varela – Universidade Federal de Rio Grande
Paula Regina Costa Ribeiro – Universidade Federal de Rio Grande
Joanalira Corpes Magalhães – Universidade Federal de Rio Grande

Jogos de meninas: (re)produzindo padrões estéticos e relações desiguais de gênero
Liliane Madruga Prestes – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Jane Felipe de Souza – Universidade Federal do Rio Grande do Sul

🎥 Gênero, Redes Sociais e Processos Pedagógicos
Jeane Félix
Rosângela Soares – Universidade Federal do Rio Grande do Sul

GrETUA - Workshop | Género: uma experiência de desconstrução

Alexandra Santos

Este workshop pretende ser um espaço de experimentação e desconstrução. O que é um homem? O que constitui uma mulher? De que forma expressão de género está ligada com identidade de género? Que marcadores de género nos fazem dizer que uma pessoa é homem ou mulher? Quais os estéreotipos ligados aos diferentes géneros? São perguntas que iremos explorar neste workshop através da experimentação de roupa, utilização de adereços e outros materiais de expressão.

Anfiteatro - Workshop | NÊGA FILMES e MIAU Produções: como e porque empoderar a mulher negra através da (auto)representação imagética - Parte 1

Maíra Zenun e Luzia Gomes

A NÊGA FILMES surge na forma de um coletivo majoritariamente formado por brasileiras residentes em Lisboa-Portugal, que se junta à MIAU PRODUÇÕES – produtora cultural brasileira –, no empenho de construir diferentes formas de autorrepresentação imagética, tanto sobre as mulheres negras africanas quanto sobre as de origem dos territórios diaspóricos. Trata-se, sobretudo, da produção de trabalhos na área da fotografia e do audiovisual, vinculados a uma discussão direta sobre os temas da negritude e do empoderamento feminino. Somos, portanto, mulheres e homens, afrodescendentes, coletivisados e fortalecidos na ideia de que o amor entre nós, afrodescendentes, ao empoderar as mulheres negras de todas as opressões do machismo e do racismo, empodera também todo o coletivo e descolonializa o pensamento e a ação individual.

Neste sentido, o workshop que oferecemos visa propiciar, durante o V Congresso Internacional em Estudos Culturais – Género, Direitos Humanos e Ativismo, um momento de formação voltado para a leitura, problematização, análise e produção de novas imagens que consigam estabelecer e propor outros olhares e diálogos com e sobre as temáticas raça, etnia, negritude e cinema. Partiremos da apresentação das quatro últimas obras artísticas produzidas pelos coletivos NÊGA FILMES e MIAU PRODUÇÕES, somada ao relato dessas experiências enquanto forma direta de ativismo pelo direito à autorrepresentação das mulheres negras africanas e afrodescendentes. Parte de uma metodologia de trabalho que se apropria da arte, e experimenta diferentes linguagens para falar da realidade da mulher negra.

(Parte 1)

11h30 – Coffee Break
11h45 – Conferência 5 | Género: Conquistas e Desafios – Nuno Pinto, Joana Amaral Dias, Paula Sepúlveda Navarrete, Helena Topa e Matias Braga
12h45 – Almoço
13h45 – Tertúlias 8 / Workshops

SALA 1 - Representações Identitárias da Mulher em Três Recortes Temáticos: Na TV Pública, No Documentário Regionalista e No Clube Social Negro

Representação da identidade feminina gaúcha: análise cultural midiática do documentário “Ciranda Cultural de Prendas – 40 Anos”
Janine Frescura Appel – Universidade Federal de Santa Maria
Flavi Ferreira Lisboa Filho – Universidade Federal de Santa Maria
Ana Luiza Coiro Moraes – Universidade Federal de Santa Maria

A Mulher Negra no Interior de um Clube Social Negro: a festa como lugar de sociabilidade, rigidez, moralidade e relações de poder
Giane Vargas Escobar – Universidade Federal de Santa Maria
Ana Luiza Coiro Moares – Universidade Federal de Santa Maria

Representações identitárias e memórias do feminino em arquivo audiovisual: o caso da TVE, décadas de 1980, 1990 e 2000
Ana Luiza Coiro Moraes – Universidade Federal de Santa Maria
Nádia Maria Weber Santos – Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul

SALA 2 - Tecnologias de Género e Outras Violências

“Ah, és brasileira! Então…”: violências simbólica e de gênero, representações sociais e identidade
Rosana Patané – Universidade de Aveiro
Aline Bazzarella Merçon – Universidade de Aveiro

O género como sistema de poder e performatividade identitária no contexto epistemológico dos Estudos Culturais
Sara Vidal Maia – Universidade de Aveiro

Gênero, sexualidade e envelhecimento: Lonjuras poÉticas em (novos-velhos) tempos de Aids
Fernando Altair Pocahy – Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Lindonéia Desaparecida: Sobre a pilhagem como princípio criativo e performatividade política
Larissa Latif – Universidade de Aveiro

SALA 3 - Workshop | Cuidar de Nós é Um Acto Político

Aida Suárez

Hoje, conhecemos melhor as leis que regem o nosso corpomente. O culto às deusas foi substituído por uma enorme confiança nos conhecimentos médicos e nas proezas da tecnologia. Mas.., há sempre uma “mas ..” nas histórias e na vida, convém ter a certeza que não passamos de uns mitos para outros, e de que podemos exercer o nosso direito ao controlo e decisão plena e consciente sobre os nossos corposmente. Temos que ter a certeza que possuímos a informação e os direitos necessários sobre o nosso corpomente. Esta oficina pretende abrir um espaço de reflexão sobre os nossos corposmente cíclicos e performativos. A minha proposta é começarmos esta viagem de empoderamento corporal, emocional e político através de um dos processos vitais mais ‘tabuizados’ do corpo das mulheres: O Ciclo Menstrual e a Menstruação.

Compreender o que o nosso corpo nos diz através do ciclo menstrual é autoconhecimento como a Dra. Miriam Al Adib Mendiri explica “é importante conhecer e ouvir o nosso corpo, compreender o que necessitamos. Isto implica muitas vezes deitar abaixo tabus e estereótipos que temos forjado no que diz respeito a nossa sexualidade e processos naturais.”

Vamos conhecer a linguagem do nosso corpomente e fazer face aos desafios que ele nos coloca, reconhecer as oportunidades que nos oferece e estar atentas aos riscos que em seu nome nos colocam, e não deixemos o azar, o destino, a sorte ou a ciência decidir por nós. É possível viver com plenitude coordenando o Conjunto das 3 C’s:
C de Corpo com muita vontade de vibrar;
C de Cabeza que quer governar desde o autoconhecimento;
C de Coração desejoso de palpitar de alegria e prazer.

Anfiteatro - Workshop | NÊGA FILMES e MIAU Produções: como e porque empoderar a mulher negra através da (auto)representação imagética - Parte 2

Maíra Zenun e Luzia Gomes

A NÊGA FILMES surge na forma de um coletivo majoritariamente formado por brasileiras residentes em Lisboa-Portugal, que se junta à MIAU PRODUÇÕES – produtora cultural brasileira –, no empenho de construir diferentes formas de autorrepresentação imagética, tanto sobre as mulheres negras africanas quanto sobre as de origem dos territórios diaspóricos. Trata-se, sobretudo, da produção de trabalhos na área da fotografia e do audiovisual, vinculados a uma discussão direta sobre os temas da negritude e do empoderamento feminino. Somos, portanto, mulheres e homens, afrodescendentes, coletivisados e fortalecidos na ideia de que o amor entre nós, afrodescendentes, ao empoderar as mulheres negras de todas as opressões do machismo e do racismo, empodera também todo o coletivo e descolonializa o pensamento e a ação individual.

Neste sentido, o workshop que oferecemos visa propiciar, durante o V Congresso Internacional em Estudos Culturais – Género, Direitos Humanos e Ativismo, um momento de formação voltado para a leitura, problematização, análise e produção de novas imagens que consigam estabelecer e propor outros olhares e diálogos com e sobre as temáticas raça, etnia, negritude e cinema. Partiremos da apresentação das quatro últimas obras artísticas produzidas pelos coletivos NÊGA FILMES e MIAU PRODUÇÕES, somada ao relato dessas experiências enquanto forma direta de ativismo pelo direito à autorrepresentação das mulheres negras africanas e afrodescendentes. Parte de uma metodologia de trabalho que se apropria da arte, e experimenta diferentes linguagens para falar da realidade da mulher negra.

(Parte 2)

15h15 – Conferência 6 | Questões de Género e as Artes – Raquel Freire, Anibal Pacha, Aline Ferreira.
16h15 – Coffee Break / Reunião de Coordenadorxs
16h30 – Conferência de Encerramento | Políticas Identitárias e Pós-identitárias: Afinidades, Tensões e Desafios Para a Universidade – Guacira Lopes Louro
17h30 – Plenária Carta de Aveiro
18h – Festival Géneros e Performatividades

Entidades Parceiras

Coletiva Vulva da Vovó
GrETUA – Grupo Experimental de Teatro da Universidade de Aveiro
ILGA Portugal – Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero
Movimento Democrático de Mulheres (MDM)
Escola de Teatro e Dança da UFPA
Universidade Federal do Pará - UFPA

Entidades Organizadoras

Irenne - Associação de Investigação, Prevenção e Combate a Violência e Exclusão
CLLC - Centro de Línguas, Literaturas e Culturas
CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade
Programa Doutoral em Estudos Culturais

Companhia Aérea Oficial

TAP Portugal